A vida
08 de Janeiro de 2021 s 08:51
A vida
Na coluna desta sexta-feira, Nolfeu Barbosa discorre sobre o que a vida.

O que é a vida, afinal? Vida é tudo o que se vive, tudo o que se faz no nosso dia a dia, e também tudo o que nos cerca. E o melhor de tudo: você, só você, pode escolher como será a sua vida. Ela pode ser monótona, corriqueira, ou pode ser ativa, vibrante, intensa e prazerosa. Você decide como quer viver.

A nossa vida pode ser tão confortável como quando calçamos sapatos velhos nos nossos pés, mas, de vez em quando, precisamos ter atitude e sair da nossa zona de conforto para conhecer coisas novas, situações diferentes. Olhe para trás, faça um balanço de tudo o que já viveu e veja se está valendo a pena. A vida é uma viagem só de ida, e é muito curta para ficarmos perdendo tempo com tolices. Evite entrar em discussões tolas, desnecessárias, e que, via de regra, não levam a lugar nenhum e só provocam estresse. Viva, ame, seja amado, leia bastante, veja bons filmes, viaje o mais possível e arrisque um pouco mais, tente fazer algo que nunca fez, só para sentir o sabor e o prazer da mudança. Faça uma faxina mental e jogue fora as coisas ruins do passado, que só servem para a gente ficar remoendo velhas lembranças, e viva, viva tão intensamente que até você mesmo irá se surpreender com sua nova vida.

PARA DESCONTRAIR:

UM HOMEM CONVERSA COM DEUS:

– Deus, quanto tempo é um milhão de anos?

– Para mim, cerca de um minuto – responde Deus.

– Deus, quanto é um milhão de reais?

– Para mim, um centavo.

– Deus, pode me dar um centavo?

– Espere um minuto.

NO TRIBUNAL

A juíza pergunta para a vítima, que é prostituta:

- Quando foi que a senhora percebeu que havia sido estuprada?

E a prostituta, secando as lágrimas:

- Quando o cheque dele voltou!!!

GRANDE CAÇADOR:

Caíram de um avião na mata um gaúcho, um carioca e um paulista. Já estava anoitecendo, a fome bateu nada pra comer, o paulista diz pro gaúcho:

- Ô, gaúcho, tu que é todo metido a macho, vai lá fora e caça algo pra gente comer.

O gaúcho, sem deixar por menos, mas apavorado, foi, abriu a porta do avião, deu dois passos, já estava escuro, enxergou uma onça pintada. Apavorado, virou de costas para dar fugir, mas escorregou e se esparramou pelo chão.A onça, que já tinha dado o bote, passou por cima do gaudério e foi parar lá dentro do avião.O gaúcho, mais que ligeiro, levantou, fechou a porta do avião e gritou:

- VÃO CARNEANDO ESSA, QUE DEPOIS TRAGO MAIS OUTRA...


Por Nolfeu Barbosa