Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Agricultores e bancos no diálogo
14 de Janeiro de 2022 às 09:15
Os impactos da estiagem na produção e também a pandemia são os assuntos da coluna de Oliveira Junior desta sexta-feira.
Os impactos da estiagem na produção e também a pandemia são os assuntos da coluna de Oliveira Junior desta sexta-feira.

Os fatos idênticos se sucedem em diversos pontos da terra. Por exemplo, os prejuízos com a estiagem em Santiago ultrapassam a casa dos 160 milhões, enquanto isso, em Flores da Cunha, minha morada hoje, essas cifras ultrajam 47 milhões. Na fronteira falamos da perda do milho, soja, etc, já na serra, o pilar em epígrafe é a uva, o plantio do moranguinho, do tomate, entre outros.

Comprovando esses contrastes, veja, estiagem e impactos na produção, por outro lado, rompimento de barragem impactando também na economia e na capacidade de aquisição do consumidor; sim, porque se não tem lucro, ou não ganha, vai comprar como? A direção dos bancos têm se reunido analisando o fato, uma vez que os agricultores terão que recorrer aos mesmos e aos programas de incentivo. Tenho certeza, o diálogo entre bancos e agricultores acontecerá, e vai dar tudo certo!

A pandemia. Um fato digamos, extraordinário que impactou em tudo, até na no relacionamento humano. Incrível, com toda a dificuldade pra conter o avanço dessa doença, uma outra pandemia vem causando estrago ou seja, a guerra pelo poder do mais forte. Em 1988 promulgou-se a Constituição, ela é a cartilha principal da lei, mas hoje em dia, até nossa Carta Magna está sendo escanteada, tudo pela soberba daqueles que propagam o “eu sou mais eu”, e assim, uma guerra desnecessária é travada inutilmente quando deveria haver ainda mais união, mais amizade, mais amor, o chamado “amor ao próximo”.

Embora sendo breve na coluna de hoje, não fecho a mesma sem enviar meus cumprimentos ao meu amigo Eldrio Machado, advogado, dedicadíssimo Secretário Municipal da saúde de Santiago, meu colega de rádio, o qual vem demonstrando uma garra incomum na sua pasta. Disse ao Eldrio por WhattsApp e repito aqui: Por tudo que entendo de qualidade humana, o Eldrio Machado é uma baita dica como futuro prefeito de Santiago. Criado no Baita Chão, conhece página por página da Terra dos Poetas, teve uma história dentro do rádio, é um excelso conhecedor da lei, e vem realizando um trabalho à altura do merecimento desse também meu querido povo santiaguense. É opinião minha, mas é importante refletir.

Direto da serra gaúcha, Oliveira Junior.

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior