Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

De bandeja, nos tempos da verde oliva
07 de Janeiro de 2022 às 10:47
Em sua coluna desta sexta-feira, Oliveira Junior recorda das grandes amizades que construiu quando serviu ao Exército.
Em sua coluna desta sexta-feira, Oliveira Junior recorda das grandes amizades que construiu quando serviu ao Exército.

Toda vez que agradecermos a Deus, o que não pode ficar fora da lista é a gratidão pelas boas amizades. A gente sabe que hoje o WhatsApp é um canal de ligação muito forte. Pois quando ouvi o sinal de mensagem, dia 02 de jan desse 22, era meu grande amigo do bem, tenente Monteiro, de Santiago, Terra dos Poetas, me adicionando ao grupo EB, onde constam aqueles que podem ser chamados de “AMIGOS PARA SEMPRE”. Gente querida que serviu a Pátria e continuou mantendo estreita ligação, enraizando ainda mais a amizade plantada durante o tempo de farda.

O também santiaguense Julio Cesar Pereira de Lima, o qual o chamo de irmão, diretor da querida Ativasul, por exemplo, está ao meu lado na cidade Flores da Cunha. Seguí olhando a lista e vi o Omar Minozzo, o qual conheço desde os tempo do Colégio Monsenhor Assis, o Aramis da estimada Unistalda, o Kerpel, o Jorge, o Brasil Francisco que está lá por Garopaba, Santa Catarina, bá, uma lista enorme de gente finíssima. E aliás, vão estar num dos tantos grandes encontros que já fizeram em diversas cidades. Deste vez, a Confraternização dos Veteranos será nesse 9 de janeiro no Baita Chão, e dizer que é bem no Dia do Fico, fico cada vez mais amigo, ehe. E a turma relembra desde a bandeja utilizada na linha de servir na hora do rancho nos quartéis. E não tem como a gente olvidar.

Que honra hoje mencionar esses ilustres amigos, que embora não tenhamos servido no mesmo quartel, vestimos e honramos a mesma farda do nosso glorioso Exército Brasileiro, e óbvio, jamais esquecerei minha grande 11ª CIA COM, a arma de Comunicações, onde fui cabo.

E pra fechar, meus parabéns a todos os santiaguenses, afinal, Santiago completou seus 138 anos como município dia 04 de jan. Embora eu tenha nascido na cidade balneária de Jaguari, desde os 5 anos me criei em Santiago, integrante da família Oliveira Molina, fiz o segundo grau no famoso Cristóvão Pereira, trabalhei na Rádio Santiago, Iguaçu FM, Verdes Pampas FM, e num pequeno período a convite do meu amigo Julio Barcelos, na URI FM juntamente com meu filho Junior de Oliveira, no Flash Time aos sábados, das nove ao meio dia. Foi sensacionante, valeu Dom JB. E hoje o tema foi de bandeja meeesmo! #tmj e misturado, ehe.


Direto da Serra Gaúcha, Oliveira Junior.

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior