Coluna: COLUNA DO BARBOSA

Seleção de textos
15 de Outubro de 2021 às 08:55
Na coluna desta sexta-feira, 15/10, Nolfeu Barbosa nos traz três belos textos para reflexão, sendo dois de autoria desconhecida e outro de Walt Disney.
Na coluna desta sexta-feira, 15/10, Nolfeu Barbosa nos traz três belos textos para reflexão, sendo dois de autoria desconhecida e outro de Walt Disney.

UM COPO DE LEITE (Autor desconhecido)

Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta, para pagar seus estudos, viu que só lhe restava uma simples moeda de dez centavos, e tinha fome. Decidiu que pediria comida na próxima casa. Seus nervos, porém, o traíram quando uma encantadora e jovem mulher lhe abriu a porta. Em vez de comida, pediu apenas um copo de água. Ela pensou que o jovem parecia faminto e, assim, lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois perguntou?

- Quanto lhe devo?

- Não me deve nada - respondeu ela. E continuou: - Minha mãe sempre nos ensinou a nunca aceitar pagamento por uma oferta caridosa.

Ele disse:

- Pois te agradeço, de todo coração.

Quando Howard Kelly saiu daquela casa, não só se sentiu mais forte fisicamente, mas também sua fé em Deus e nos homens ficou mais forte.

Anos depois, essa jovem mulher ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos. Finalmente a enviaram à cidade grande, onde chamaram um especialista para estudar sua rara enfermidade. Chamaram o Dr. Howard Kelly. Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos. Imediatamente, vestido com seu jaleco de médico, foi ver a paciente. Reconheceu imediatamente aquela mulher. Determinou-se a fazer o melhor para salvar aquela vida. Passou a dedicar atenção especial àquela paciente. Depois de uma demorada luta pela vida da enferma, ganhou a batalha. O Dr. Kelly pediu à administração do hospital que lhe enviasse a fatura total dos gastos para aprová-la. Ele a conferiu e depois escreveu algo e mandou entregá-la no quarto da paciente. Ela tinha medo de abri-la, porque sabia que levaria o resto da sua vida para pagar todos os gastos. Mas finalmente abriu a fatura e algo lhe chamou a atenção, pois estava escrito o seguinte:

“Totalmente pago há muitos anos com um copo de leite.” Assinado: Dr. Howard Kelly.

Lágrimas de alegria correram de seus olhos e seu coração feliz rezou assim:

- Graças, meu Deus, porque Teu Amor se manifestou nas mãos e nos corações humanos.


APRENDI E DECIDI (Walt Disney)

E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e, sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.

Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tenha sido.

Deixei de me importar com quem ganha ou perde, agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo que posso ter, é ter o direito de chamar alguém de "Amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser a minha própria tênue luz deste presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não vai iluminar o caminho dos demais.

Naquele dia, decidi trocar tantas coisas... Naquele dia, aprendi que os sonhos são somente para fazer-se realidade.

E, desde aquele dia, já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.


A FELICIDADE É AMOR (Autor desconhecido)

Quanto mais envelhecia, quanto mais insípidas me pareciam as pequenas satisfações que a vida me dava, tanto mais claramente compreendia onde eu deveria procurar a fonte das alegrias da vida. 

Aprendi que ser amado não é nada, enquanto amar é tudo.

O dinheiro não era nada, o poder não era nada. 

Vi tanta gente que tinha dinheiro e poder, e mesmo assim era infeliz.

A beleza não era nada.

Vi homens e mulheres belos, infelizes, apesar de sua beleza.

Também a saúde não contava tanto assim.

Cada um tem a saúde que sente. 

Havia doentes cheios de vontade de viver e havia sadios que definhavam angustiados pelo medo de sofrer. 

A felicidade é amor, só isto.

Feliz é quem sabe amar. 

Feliz é quem pode amar muito.

Mas amar e desejar não são a mesma coisa. 

O amor é o desejo que atingiu a sabedoria.           

O amor não quer possuir...

O amor quer somente amar.


Seleção de textos por Nolfeu Barbosa

Mais artigos de COLUNA DO BARBOSA