Coluna: COLUNA DO BARBOSA

Para descontrair
08 de Outubro de 2021 às 08:53
Seja com uma mensagem para reflexão ou com uma seleção de piadas, a sexta é sempre dia de descontrair com a Coluna do Barbosa.
Seja com uma mensagem para reflexão ou com uma seleção de piadas, a sexta é sempre dia de descontrair com a Coluna do Barbosa.

O CACHORRO FOFOQUEIRO

O rapaz vai para os Estados Unidos para fazer um curso de um ano, mas já no final do 1º semestre acaba o dinheiro que o pai lhe deu. Aí ele tem uma ideia brilhante. Telefona ao pai e sai com esta:

- Pai, você não pode acreditar nas maravilhas da moderna educação neste país. Pois não é que eles aqui têm um curso para ensinar cachorro a falar?

O pai, um sujeito simplório, fica maravilhado:

- E como é que faço para que aceitem o nosso Rex?

- É só mandar ele para cá com R$ 5.000, que eu faço a matrícula.

E o pai, é claro, cai na conversa e segue a orientação do filho. Passados mais alguns meses de festa e garotas, o rapaz torra a grana e liga outra vez:

- E daí, meu filho? Como vai o Rex? – pergunta o pai...

- Fala pelos cotovelos, pai. Mas agora abriram um outro curso aqui, para os cachorros aprenderem a ler.

- Não brinque! E podemos matricular o Rex?

- Claro! Me mande R$ 10.000 e deixe comigo!

E o velho, mais uma vez, manda o dinheiro. O tempo vai passando, o final do curso vai chegando e o rapaz se dá conta que vai ter que se explicar. O cachorro, é claro, não fala uma palavra, não lê droga nenhuma, enfim, continua exatamente como sempre, um cachorro... Sem nenhuma consideração, solta o pobre bicho na rua e pega o avião de volta pra casa.

A primeira pergunta do pai não poderia ser outra:

- Onde está o Rex? Comprei uma revista sobre animais, em inglês, para que ele leia para mim.

- Pai, você nem imagina. Já tinha tudo pronto para a viagem de volta, quando ví o Rex no sofá, lendo o New York Times, como fazia todas as manhãs. E aí ele me saiu com esta: 'Então, vamos para casa... Como será que está o velho? Será que continua saindo com aquela viúva que mora na casa da frente?'

E o pai, mais do que rapidamente:

- Mas que cachorro lazarento... Espero que você tenha metido uma bala nesse F.D.P., antes que ele venha a falar com a tua mãe!

- Mas é claro, pai! O bicho “tá” morto e enterrado!!!


NO COLÉGIO

O diretor está fazendo a inspeção anual no colégio e vê que, numa das salas de aula, há uma balbúrdia imensa. Chega na porta da sala e observa o causador da confusão. É um rapaz alto e meio desajeitado. Para fazer valer a autoridade de diretor, ele chama o causador do tumulto e, antes que o rapaz possa falar qualquer coisa, manda-o para o gabinete da diretoria.

- Daqui a pouco eu vou lá ter uma conversinha com você - diz o diretor.

Quando o diretor volta para o gabinete, vê uma aglomeração na porta. Muitos estudantes. Um dos estudantes se aproxima do diretor e fala:

- Será que o senhor já pode devolver o nosso professor?


O PINTOR

Um homem está pintando a varanda da casa quando aparece um sujeito, dizendo-se pintor desempregado e pergunta se há algum serviço de pintura para ele fazer. O dono da casa pensa um pouco e lembra-se de um antigo fogão guardado na garagem.

- Pegue um pincel e essa lata de tinta branca aí e pinte o fogão que tá lá garagem - diz o dono da casa.

Mais tarde, retorna o pintor:

- Já terminei a pintura. Mas não era um furgão. Era uma Mercedes conversível vermelha, não era?


ANTICONCEPCIONAIS

Dona Berta tem 80 anos. O médico que a tratara por quase toda a sua vida havia se aposentado e fora substituído por outro. Na consulta seguinte, o novo médico pediu para Dona Berta a lista dos medicamentos que lhe haviam sido receitados. Quando o jovem médico revisava a lista, engasgou.

- Dona Berta, sabe que estas são PÍLULAS ANTICONCEPCIONAIS?

- Sim doutor, elas me ajudam a dormir.

- Dona Berta, afirmo para a senhora que não há ABSOLUTAMENTE NADA nestas pílulas que façam uma pessoa dormir!

A velhinha deu um sorriso maroto e disse:

- Sim, eu sei. Mas todas as manhãs eu dissolvo uma pílula no suco de laranja da minha neta de 16 anos e assim durmo bem todas as noites...


CARTA DO EX PARA A EX.

Querida,

Escrevo para dizer que vou deixa-la. Fui bom marido por 7 anos. As duas últimas semanas foram um inferno. O seu chefe me chamou para dizer que você tinha pedido demissão e isto foi a última gota. Na semana passada, nem notou que não assisti ao futebol. Levei-a no restaurante que mais gosta, você nem comeu, chegou em casa e foi dormir depois da novela. Não diz que me ama, nunca mais fizemos sexo. Está me enganando ou não me ama mais.

P.S.: Se quiser me encontrar, desista. A Júlia, aquela sua 'melhor amiga' da academia e eu vamos viajar para o nordeste e vamos nos casar!

Seu ex-marido.

RESPOSTA DA EX:

Querido ex-marido,

Nada me fez mais feliz do que ler sua carta. É verdade, ficamos casados por 7 anos, mas dizer que você foi um bom marido é forçar a barra. Vejo a novela para não ouvi-lo resmungar a toda hora, não valia a pena. Realmente reparei que não assistiu futebol mas, com certeza, foi porque seu time tinha perdido e você estava de mau humor (acho que esse cara é gremista!!!). A churrascaria deve ser a preferida da minha amiga Júlia, pois não como carne há dois anos, e você nem percebeu. Fui dormir porque vi que a sua cueca estava manchada de batom. Rezei para que a empregada não visse. Depois de tudo isto, eu ainda o amava e senti que poderíamos resolver os nossos problemas. Assim, quando descobri que eu tinha ganho na loteria, deixei o meu emprego e comprei duas passagens de avião para o Taiti, mas quando cheguei em casa você já tinha ido. Fazer o quê? Tudo acontece por alguma razão. Espero que você tenha a vida que sempre sonhou. O meu advogado me disse que, devido à carta que você escreveu, não terá direito a nada. Portanto, se cuide!

P.S.: Não sei se eu já lhe disse, mas a Julia, minha 'melhor amiga', está grávida do Jorginho, nosso “personal trainer”. Espero que isto não seja nenhum problema para você...

Ass: Milionária, bonitona e... solteira!


Seleção feita por Nolfeu Barbosa

Mais artigos de COLUNA DO BARBOSA