Pai que matou filho com tiro em Unistalda foi preso nesta segunda-feira

Delíbio Amauri Rodrigues, de 45 anos, autor confesso da morte do filho, Régis Cardozo Viana, de 25 anos se apresentou espontaneamente com seu advogado na Polícia Civil.

12 de Junho de 2018 às 14:13
Pai que matou filho com tiro em Unistalda foi preso nesta segunda-feira
Delíbio foi conduzido para o Presídio Estadual de Santiago onde ficará a disposição da Justiça.

Atendendo representação do Delegado de Polícia Guilherme Milan Antunes, o Poder Judiciário de Santiago decretou a prisão preventiva de Delíbio Amauri Rodrigues, de 45 anos, autor confesso da morte do filho, Régis Cardozo Viana, de 25 anos. O jovem foi morto com um tiro de espingarda de pressão adaptada para calibre 22 em 31 de maio na localidade de Serra dos Vianas, no interior de Unistalda.

O acusado se apresentou espontaneamente com seu advogado na Polícia Civil nesta segunda-feira, 11, e foi conduzido para o Presídio Estadual de Santiago onde ficará a disposição da Justiça.

Na semana passada, Delíbio já havia comparecido na Delegacia de Polícia com seu advogado. Em depoimento, contou que atirou no filho em legítima defesa após uma discussão em um bar.

Embriagado, o jovem foi até a casa do pai tirar satisfação pelo desentendimento e tentou invadir o imóvel portando uma faca e fazendo ameaças de morte. Enquanto ele forçava a porta da residência com chutes, o pai efetuou um disparo para evitar a invasão. A intenção era acertar a perna de Régis, porém o tiro atingiu o abdômen do jovem que morreu a caminho do Hospital de Caridade de Santiago.

Fonte: Rafael Nemitz.