A estação inverno é charme e incentiva o turismo.
05 de Julho de 2019 às 13:52
A estação inverno é charme e incentiva o turismo.
No que abri o facebook nas primeiras horas da aurora, dei de cara com a postagem do amigo Márcio Brasil mostrando a geada ali no recinto da Estação da Viação férrea.

Não que seja efeito cascata, todavia, não tem como a gente não discorrer sobre o convívio com as novas temperaturas. E como sempre fui e sou ligado em música, me vem à baila a música do saudoso cantor Tim Maia, quando ele cantava- Quando o inverno voltar, eu quero estar junto a ti..." Voz e música inesquecíveis!

No que abri o facebook nas primeiras horas da aurora, dei de cara com a postagem do amigo Márcio Brasil mostrando a geada ali no recinto da Estação da Viação férrea. Imaginem ali na saída pra São Borja, Bossoroca, São Chico, Jaguari, nossa! Bem que tenho saudade de ver os alvos lençóis de geada que se estendem por essas bandas.

Aqui na Serra gaúcha não foi diferente. Madruguei às cinco e meia da manhã e fui à rua pra sentir a sensação térmica na terra do galo. Na real estava um grau negativo. Vislumbrei os morros aqui, e do alto do apartamento visualizei o o morro do Parque da Vindima, onde, por sinal está acontecendo a Feira de Inverno até dia 28 de julho. Naquele local está também erguido um galo que pesa quase mil quilos, justamente fazendo uma menção à terra do galo.

Pois, lá do alto do morro do Parque da Vindima, pela manhã, não se avistava a cidade, a qual estava encoberta pela cerração. Era frio? Sim, era, mas a natureza proporciona espetáculos que somente ela pode propiciar. Após o café às seis e meia da matina, fui obrigado a dispensar praticamente sessenta minutos recebendo, olhando, respondendo whatsApp, mas valeu a utilização do tempo para ver as nuanças da estação inverno.

O frio tem trazido muitos turistas para a serra gaúcha, assim como para região das hortênsias, e todos veem ao encontro do frio para deliciarem-se com nossas sopas de agnolini, tortéi, menarosto, e claro, os clássicos vinhos e sucos de uva. Falando em turismo, Caxias do Sul está pleiteando sua integração da Rota das Hortências, mas Gramado não vê vantagem. A primeira alegação é que na Rota das Hortências a linguagem predominante é o alemão, enquanto na região de Caxias, e adjacências é o italiano, ou talian como dizem aqui.

Turismo é fonte de renda nas quatro estações. Em Santiago, por exemplo temos vários, á exemplificar o local da Batalha do Carovi em capão do Cipó. Santiago foi palco da Revolução Federalista em 1894, onde desponta o nome do líder Federalista, o brasileiro, Gumercindo saraiva. Nossa Barragem da Corsan também um ponto marcante, inaugurada nos primórdios dos anos sessenta. Claro, há tantos outros pontos a serem mencionados e explorados. Turismo é renda certa, sempre. 

Direto da Serra Gaúcha- Oliveira Junior.