Notícias: Geral

PPL encaminha pedido de expulsão do Deputado Bianchini

Em nota divulgada pelo presidente do partido, classifica o voto de Bianchini como uma traição a orientação partidária.

10 de Fevereiro de 2018 às 14:32
Bianchini votou a favor da PLC 249/2017. Foto: Pedro Belo Garcia / Agência ALRS / CP
Bianchini votou a favor da PLC 249/2017. Foto: Pedro Belo Garcia / Agência ALRS / CP

Ainda na semana passada, mais precisamente quinta feira dia 08, o presidente do PPL, partido do deputado Bianchini, encaminhou uma nota pedindo a expulsão do deputado da sigla.

Isso aconteceu por que Miguel Bianchini, votou a favor do plano de recuperação fiscal, que foi votado e aprovado na Assembléia Legislativa do estado. O plano visa abertura de mais oportunidades para negociações da dívida do estado junto a união. Tal medida inclui privatizações, conforme consta no conteúdo da nota.

De acordo com o deputado, seu voto foi consciente, pois ele acredita que o estado precisa de mais abertura para negociar suas dívidas com o governo federal, ainda completou que seu voto foi pensando nos funcionários públicos e no povo gaúcho em geral, pois o Rio Grande do Sul precisa sair da crise financeira que se encontra, vendo nesse projeto uma porta de saída para o estado voltar a crescer.

Leia a nota na íntegra abaixo:

"Frente a aprovação do PLC 249/2017 e ao voto do Deputado Estadual Bombeiro Bianchini a Executiva Estadual do PPL lança a seguinte nota ao povo gaúcho:

NOTA AO POVO GAÚCHO

A aprovação do PLC 249/2017 na ALRS coloca nosso estado no caminho do abismo, do aprofundamento da grave crise financeira e ao alcance da ganância daqueles que querem entregar nosso patrimônio por meio das privatizações.

O Partido Pátria Livre foi fundado em 2009, e desde sua fundação busca uma atuação unitária nacionalmente, tendo como programa o nacional-desenvolvimentismo e a defesa de um estado forte e soberano. Temos em nossas fileiras homens e mulheres que sonham em construir uma Pátria Livre, independente, com desenvolvimento econômico e social, e, que defenda o povo rio-grandense e brasileiro.

O voto do Deputado Estadual Bombeiro Bianchini a favor do PLC 249/2017, contrariando uma resolução da executiva estadual do PPL de 20 de janeiro de 2018, representa uma traição, mais do que uma afronta orientação partidária ou ao programa do partido, significa uma traição ao povo gaúcho e aos seus eleitores, que seguramente ao depositarem os votos em um dos candidatos do PPL, nutriam a esperança de serem representados com altivez na defesa dos interesses de toda a população.

A submisso aos interesses nefastos da política imposta pelo governo Sartori, as motivações individualistas e eleitoreiras e a total falta de compromisso com o futuro de nosso povo, coloca o Deputado Bianchini em trincheira oposta a do PPL, diante disto, a Executiva Estadual está encaminhando no dia de hoje, para a comissão de ética nacional, nos termos de nosso estatuto, pedido de expulsão do Deputado Estadual Bombeiro Bianchini dos quadros partidários.

Werner Rempel
Presidente Estadual"

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais Notícias: Geral