Notícias: Geral

Sala das Margaridas, um sopro de delicadeza e segurança às mulheres vítimas de violência

Ambiente fica na sede da 21ª Delegacia de Polícia Regional.

21 de Agosto de 2019 às 08:54
Sala das Margaridas. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Sala das Margaridas. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Sala das Margaridas é mais uma das políticas públicas da Polícia Civil no enfrentamento a violência doméstica e familiar contra a mulher, implantada em Santiago, que visa criar um espaço reservado, privativo e acolhedor para atendimento às mulheres em situação de violência doméstica.

 

Ao fazer esta referência, o delegado regional de polícia, Guiilherme Milan Antunes, enfatizou que na sala, além do acolhimento que será realizado por uma policial do sexo feminino, será possível fazer todo o atendimento das vítimas que se encontrarem ao amparo da Lei Maria da Penha, desde o registro da ocorrência policial, oitivas, solicitação de medidas protetivas de urgência, encaminhamentos para perícias e aos demais serviços da rede de atendimento à mulher do município.

Em Santiago, a Sala das Margaridas será inaugurada nesta quinta (22), na sede da 21ª Delegacia de Polícia Regional, às 11h, após a cerimônia de sua posse como delegado regional de polícia que ocorrerá no Salão de Atos da URI.

“A estruturação da Sala das Margaridas se deu através de parcerias firmadas pela DPPA e Delegacia Regional de Polícia com a comunidade de Santiago, através de doações de mobiliário e objetos de decoração, que possibilitou criar um ambiente diferenciado para realizar um acolhimento mais humanizado às vítimas que buscam a Polícia Civil em um momento de tamanha fragilidade e violação de direitos”, acrescenta Guilherme. Ele também parabenizou a delegada Elisandra Batista que acreditou no projeto, buscou parceiras e o fez tornar realidade. 

Fonte: Rádio Santiago.

Comentários

Nenhum Comentário. Deixe o seu comentário!

Mais Notícias: Geral