Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Não fazemos a notícia, os fatos acontecem.
15 de Março de 2019 às 09:32
Percebamos que  primeiramente,  a gente corria atrás da notícia, hoje a gente está ao lado dos fatos. Qualquer interessado pega seu celular e faz sua live, faz chekin, posta os mínimos detalhes.
Percebamos que primeiramente, a gente corria atrás da notícia, hoje a gente está ao lado dos fatos. Qualquer interessado pega seu celular e faz sua live, faz chekin, posta os mínimos detalhes.

Em outros tempos se dizia- hoje pena na pena, na caneta para trazer notícias. Bom, os tempos mudaram. Hoje a gente vai para o computador, notebook etc, digitando, redatando e tal. Gente recordo quando labutava no rádio santiaguense muitos me questionavam : O que tu vais falar hoje, uma vez que essa é uma cidade pacata, interiorana, nada acontece.

Prontamente eu respondia: Olha, a gente não faz a notícia, os fatos acontecem. E como antes, estão sempre acontecendo. Era a praxe também o radialista com um jornal debaixo do braço comentar tudo que estava em evidência. Nessa era digitalizada, a gente ouve até mesmo transmissão de júri, sendo que outrora, apenas lotavam os salões forenses, mas não lembro nem uma vez ver ou ouvir alguém estar transmitindo a voz de testemunhas, defensores, acusados ou Ministério Público direto do fogo cruzado. Que momento! Modernismo, blz.

Percebamos que primeiramente, a gente corria atrás da notícia, hoje a gente está ao lado dos fatos. Qualquer interessado pega seu celular e faz sua live, faz chekin, posta os mínimos detalhes, o passo a passo do seu dia, do seu lazer, nem dando bolas se está expondo ou não sua própria privacidade.

Queridíssima galera grenal, terça, 12, houve surpresa na Arena, quarta, 14, o Inter surpreendeu positivamente vencendo o Alianza Lima, e domingo tem Grenal. Sejamos comedidos. Nada de discussões, tudo numa boa. Flauta comportada ainda tudo bem. Lembre-se, perca o jogo, mas não perca uma amizade, pois, enquanto muitos soterram amizades até antigas por causa de futebol, a rapaziada lá que nem conhece a gente recebe o mesmo balaio de grana a cada trinta dias. "Grenal é Grenal", mas "amizade é amizade", é diferente.

Direto da serra gaúcha, Oliveira Junior.  

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior