Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Fé, esperança, simplicidade e simpatia!
27 de Abril de 2018 às 09:31
Como bom brasileiro, eu acredito no meu país,  não é verdade? Fé e esperança são as palavras chaves.
Como bom brasileiro, eu acredito no meu país, não é verdade? Fé e esperança são as palavras chaves.

Bom, depois do feriadinho vem o feriadão. É claro que o todo mundo agradece. Vem aí o "Dia do Trabalhador", aquele que bota a mão na massa, que mora no país do "impostômetro", que vai pra geada, que bota o pé no barro, o peito no vento e a cara na chuva. O trabalhador honra garbosamente nosso lema maior, "Ordem e progresso". Como bom brasileiro, eu acredito no meu país, não é verdade? Fé e esperança são as palavras chaves.

Mas nem só de trabalho se vive, pois a própria Constituição Federal de 1988, em seu artigo 6º- garante ao cidadão, o chamado, "Direito ao lazer", palavra essa que vem do latim licere. Direito adquirido? Então bora pra festa.

Pois, dia 04 de maio, aliás na próxima sexta, o palco do Bistrô vai, certamente reviver momentos épicos do nativismo, uma vez que lá estará nosso amigo Nenito sarturi. Nenito ainda não cansou eu acredito de levantar troféus, e com toda justiça. O Rio Grande de ponta a ponta conhece a intelectualidade desse cantor que chega no palco e conquista a plateia com facilidade devido a sua tradicional simplicidade e simpatia. Não estou aí no Baita chão, e nem precisaria estar para falar da arte, da cultura, da figura maiúscula de um artista que ganhou o Rio Grande com seu elogiável talento. Nenito canta pra mim qualquer uma do teu imensurável repertório. Certamente os bons ventos trarão até a serra, essa voz que encanta a todos os pagos gaúchos.

Veio o dia de Tiradentes, do descobrimento do Brasil e agora é a hora de você, opa, de nós trabalhadores! Todo mundo, tmj comemorando mais um primeiro de maio. Pra quem viaja, pra quem fica, o feriadão tá só começando, digamos nessa sexta à noite, bora curtir!

 

Direto da serra gaúcha, Oliveira Junior. 

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior