Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Num universo de talentos, todos merecem os mesmos aplausos.
11 de Agosto de 2017 às 10:20
Oliveira Júnior, em sua coluna semanal, enaltece personalidades e entidades que enobrecem a cultura santiaguense.
Oliveira Júnior, em sua coluna semanal, enaltece personalidades e entidades que enobrecem a cultura santiaguense.
Uma das coisas que me deixa super mega feliz é quando tenho oportunidade de propagar coisas boas, dignificar gente do bem, pois não nunca esteve na minha índole utilizar meios eletrônicos, telemáticos, etc, para fazer comentários que não ilustrem a vida das pessoas que são tão humanas quanto eu. Meu amigo do bem e grande comunicador Julio Barcelos da nossa URI FM muito te agradeço pela feliz oportunidade de nos conceder semanalmente a chance de falar com prazer e carinho sobre seres que escrevem a história do Baita Chão e semeiam notoriedade. Todo ser humano merece, no mínimo, palavras de afeto.
 
Faço questão de externar meu reconhecimento a um dos vultos da literatura santiaguense que, embora não tenha mais domicílio na "Terra dos Poetas", é uma das estrelas que luzem hoje em São Leopoldo. Trata-se do meu amigo Aramis Gonçalves. Na manhã do dia 07 de abril de 2015 foi recebido pelo governador José Ivo Sartori, momento em que agendava visita oficial. São incontáveis os artigos lançados pelo Aramis no facebook, entre outros meios, numa verdadeira avalanche de cultura, através dos quais, ele despeja sua intelectualidade poética. Autor do Livro "Krônikas", em cujas páginas demonstra a pujança da sua fértil imaginação.
 
No dia 29 de maio de 2016, trazendo à tona sua veia de reconhecimento a todas as classes trabalhadoras, enalteceu a classe dos garçons e dos fotógrafos quando fazia o pré-lançamento  do seu livro de versos e poemas, deixando o texto intitulado "Piratini".

Hoje pela manhã meu café foi no Piratini 
Sou Poeta das bandas de Santiago 
E num gesto Universal e fraterno...
Admiro as coisas daqui! (RS)
Na recepção o garçom Mello me serviu 
Luiz Chaves o fotógrafo era uma simpatia 
Me senti lisonjeado e em casa 
Fiquei rodeado na secretaria 
O Sartori é a humildade em pessoa
Falo palavras concretas e não à toa 
Reconhecendo o seu valor 
Reconhecendo sua integridade
E num gesto de Hospitalidade....
Retribuo com versos e pensamentos
Vai um abraço a toda a equipe 
Ao Mocellim meus cumprimentos!!!

Fiquei rodeado na secretaria 
O Sartori é a humildade em pessoa
Falo palavras concretas e não à toa 
Reconhecendo o seu valor 
Reconhecendo sua integridade
E num gesto de Hospitalidade....
Retribuo com versos e pensamentos
Vai um abraço a toda a equipe 
Ao Mocellim meus cumprimentos!!!
 
Claro, a gente teria mil nomes célebres que enobrecem essa terra com suas genialidades, com suas culturas, com seus feitos. Vejo aí um Márcio Brasil, Jair Ferreira, um Dr. Nilson Pereira, Neri Pereira, Éden de Paula, Leandro Molina, Dr. Alvin, Juliano Nascimento, Sergio Ramos Bravo, Chico Spenossi, Ramatis Amon, professor Paulo Reis..., entidades como Rotary, Lions... Quando eu pararia de citar nomes, entidades, órgãos que demonstram tanta competência? Certamente nunca, uma vez que um universo de talentos forma um estrelato nesse chão e todos merecem os mesmos aplausos. 

Direto da serra gaúcha, meu fraterno abraço. 

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior