Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Oliveira Júnior estreia sua coluna aqui no Santiago News
27 de Maio de 2017 às 12:03

 Tem novidade aqui no Santiago News. Hoje estreia uma nova coluna assinada por Oliveira Júnior, um dos grandes nomes da história do radialismo santiaguense e que hoje reside na serra gaúcha. Apesar da distância, Oliveira Júnior jamais perdeu o contato com a sua querida "Terra dos Poetas", local onde cresceu, fez história no rádio e onde conquistou muitos amigos. Para transmitir a ideia de conexão com Santiago, a coluna terá o nome de @ Serra Gaúcha. Semanalmente nas sextas-feiras, ele irá discorrer sobre diversos assuntos, dos mais variados possíveis e sem seguir um roteiro pré-determinado. Dentre uma infinita gama de assuntos, Oliveira Júnior relembrará, como ele mesmo diz, "as coisas do sempre baita chão", recordando os tempos do Cinema Imperial, Cine Teatro Neno, o clássico Ferroviário X Riachuelo, os bons tempos da Maria Fumaça, os trens passageiros, o Trem Pampeiro, etc.

Oliveira Júnior, seja muito bem-vindo ao Santiago News. Desejamos a você imenso sucesso em sua coluna e, desde já, agradecemos imensamente por compartilhar conosco e com nossos leitores as suas memórias, a sua sabedoria  e sagacidade.

Eis o texto de estreia:

 Amigos(as), leitores(as), embora distante da terra dos poetas, sempre estou conectado com esse local onde cresci, sempre fiz amigos e espero ter ainda um lugarzinho no coração de vocês. Hoje na serra gaúcha, na chamada "terra do galo" e maior produtora de vinhos e uvas do país, menciono frequentemente que Flores da Cunha e seu rio das Antas é um "Paraíso de pessoas do bem". Sinto-me em casa por ter consolidado ótimas amizades. Eventos dos mais diversos preenchem a agenda mensal e anual tornando as quatro estações super agradáveis. Rádio, que sempre foi minha opção primeira continua nos meus afazeres, onde concilio comunicação pela manhã e Poder Legislativo à tarde, sendo que dispenso tipo quatro ou cinco horas de sono por dia, e está ótimo. Berço de imigrantes italianos, os quais rememoram garbosamente a chegada da colonização lá pelo ano de 1870, eles fazem questão de mostrar "as mãos que colhem progresso", seus parreirais que aclorofilam as encostas. Aliás, o conceito de clorofila foi criado lá em 1818 pelos químicos franceses Pelletier e J.B.Caveteau. Enfim, adaptei-me facilmente ao clima, à culinária, aos costumes, sem poder deixar de citar o "Menarosto" práto típico dos italianos. Claro que jamais esqueço nosso carreteiro, o churrasco, assim como não esqueço dos bons tempos do Baita Chão, e principalmente dos amigos daí, até porque, ainda tenho familiares domiciliados em santiago, como por exemplo, meu pai de criação( seu Molina), que por sinal, completou seus 84 anos neste 25 de maio. Amigos, embora citando esses pontos importantes que fazem parte da minha vida serrana, jamais deixo de pronunciar uma frase que me acompanha há muito tempo: "A humildade e a educação são coroas que devo sempre ostentá-las acima da minha cabeça". Meu grande amigo do bem, Julio Barcelos, muito obrigado pela oportunidade de estar aqui no destacado e douto Santiagonews.

Por Oliveira Júnior.

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior