Coluna: @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior

Motorizado na sinaleira era chique!
24 de Maio de 2019 às 10:28
Quando veio a primeira sinaleira ali na Getúlio com a Venâncio,  nooossa! Muitos saiam propositadamente de carro só pra passar na sinaleira.
Quando veio a primeira sinaleira ali na Getúlio com a Venâncio, nooossa! Muitos saiam propositadamente de carro só pra passar na sinaleira.

Desse tal de whatsApp a gente não escapa mesmo! Vários amigos da Terra dos Poetas usaram essa rede social pra me perguntar se eu sabia das mudanças nas rotas do trânsito santiaguense. Uma dessas chamadas me inquiriu assim: Cara, se tu demorar mais um pouquinho pra aportar no Baita Chão, tu não vais conseguir chegar no endereço sem antes abordar um montão de gente pra buscar informação devido às mudanças no trânsito!

De cara eu respondi: Caalma amigo mio! É o progresso à vista. Eu conheci Santiago do Depósito das máquinas, comandado pelos saudosos André Pinho e Wilson Greff, da estação da Viação Férrea, dos poços públicos, etc. Não sou tããão antigo assim, mas, é uma questão de pesquisa, conhecimento da história. Imagina, em tempos de seca/estiagem, as pessoas tinham que fazer filas às 03h00 da madrugada nos poços públicos de Santiago para pescar água com latinha de óleo de soja.

Calçamento, paralelepípedo era pouco e não em tão boas condições. Quando veio a primeira sinaleira ali na Getúlio com a Venâncio, nooossa! Muitos saiam propositadamente de carro só pra passar na sinaleira. Era chique. Bom, por essas pinceladas podemos ver que Santiago evoluiu, a população cresceu, a frota de carros também. Então? É o progresso batendo à porta. Na verdade, sempre que surge uma nova ideia, vem um contraditório. Sempre é assim. Eu convido você a aplaudir, incentivar as novas mudanças, pois, com certeza essas sobre o trânsito é uma medida necessária. Eu duvido que algum governante fique atrás da sua mesa para planejar coisas negativas para seu povo. Meus amigos, o whatsApp pode continuar bombando, mas, como dizia meu saudoso amigo Gibelino- Calma, e canja de galinha não faz mal pra ninguém. Bora, vamos saborear as novidades.

Direto da Serra Gaúcha, Oliveira Junior.  

Mais artigos de @ Serra gaúcha - Por Oliveira Junior