Coluna: Geral

Brigada Militar evita feminicídio em São Nicolau
07 de Janeiro de 2019 às 09:30
Homem relatou que mataria a esposa e depois iria se suicidar.
Homem relatou que mataria a esposa e depois iria se suicidar.
Quase que São Nicolau teve mais uma mulher assassinada pelo marido. Cerca de um mês depois de um femincídio brutal no município, a Brigada Militar evitou mais um crime. Na noite de ontem, policiais militares foram chamados para atender uma vítima que estava sendo agredida pelo companheiro. 
 
 
Ao ver a polícia, o criminoso tentou jogar um revólver municiado e uma faca. Ele tentou fugir, mas foi preso pela Brigada Militar. A vítima, que foi agredida, informou que o homem a ameaçou de morte. Segundo a mulher, que estava com lesões, o agressor disse que a mataria e depois cometeria suicídio. Os policiais a acompanharam até a residência para pegar os pertences, quando ela indicou onde o agressor guardava mais armas, pois temia ser morta pelo marido. Após o registro o acusado foi liberado. 
Arsenal apreendido:
01 revólver calibre 38, marca Taurus,  acabamento oxidado, com capacidade para 6 munições;
01 espingarda marca calibre 32, marca Rossi, cano simples e coronha de madeira;
24 munições, intactas, ogivais, calibre 38;
03 munições, intactas, ponta oca, calibre 38;
01 faca, sem marca aparente, com 26 cm de lâmina e cabo de madeira;
01 bainha de couro;
28 estojos de espingarda, deflagrados, calibre 32;
05 estojos de espingarda, deflagrados, calibre 28;
01 cartucheira, de couro, de cor marrom;

Demais material para recarga de cartuchos de arma de fogo(pólvora, chumbo, etc) 

Fonte: Rádio Missioneira / São Luiz Gonzaga.

Mais artigos de Geral