Coluna: Geral RS

Corpo enterrado por engano em Passo Fundo é exumado para identificação
28 de Novembro de 2023 às 14:56

O corpo do homem sepultado por engano em Passo Fundo foi exumado na última sexta-feira (24) para passar por exames de identificação no Instituto-Geral de Perícias (IGP), confirmou a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Não há previsão para a conclusão da perícia.

Segundo a delegada que investiga o caso, Daniela Minetto, a próxima manifestação só deve acontecer depois que a polícia confirmar a identidade do homem enterrado no lugar de Chandler Machado, 26 anos, em 17 de novembro.

A família de Chandler reconheceu o corpo de um homem não identificado que morreu de meningite no Hospital de Clínicas de Passo Fundo. Em seguida, o corpo foi velado e enterrado no Cemitério Vera Cruz, mas Machado foi encontrado vivo poucas horas depois do enterro.

Segundo a família, havia diversas semelhanças entre Chandler e o corpo não-identificado. Os dois têm cicatrizes parecidas na região da cabeça. Como Chandler não era visto com frequência pois, segundo a família, morava na rua por decisão própria, e o corpo já era inchado depois de três dias no necrotério, houve confusão sobre a identidade.

Além disso, no velório os familiares desconfiaram da aparência do morto, mas a boca já estava colada, o que dificultou a verificação da arcada dentária, uma vez que Chandler tinha um dos dentes quebrados. Depois da confusão, o homem confundido deve ir morar com uma irmã em Erechim.

Fonte: RD Foco

Mais artigos de Geral RS