Coluna: Geral RS

Nasce filho de trisal que teve união estável reconhecida pela Justiça no RS
12 de Outubro de 2023 às 17:13
Yan Kaefer Ordovás veio ao mundo com 2,8 kg e 49cm.
Yan Kaefer Ordovás veio ao mundo com 2,8 kg e 49cm.

Nasceu em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana, na terça-feira (10), o filho do trisal que teve a união estável poliafetiva reconhecida pela Justiça. Yan Kaefer Ordovásveio ao mundo com 2,830 kg e 49cm, segundo Letícia Ordovás, umas das mães do bebê.


— Veio como a gente sempre sonhou. Com bastante saúde, muita gente esperando por ele. Vamos seguir como tínhamos idealizado: nossa família unida com muito amor, com muito carinho e muito feliz— relatou ao g1 o pai da criança, Denis Ordovás.

A mãe gestante, Keterlin Kaefer, passou por uma cirurgia cesariana. O parto foi acompanhado por Letícia e Denis. A expectativa é que Keterlin e Yan recebem alta médica nesta quinta-feira (12).


— Estamos conseguindo fazer aquilo que a gente imaginava, desde o início, ser muito importante, que é a rede de apoio. Eu e a Le estamos conseguindo nos revezar pra dar toda assistência pra Kety. Estamos acompanhando de perto, desde a sala de recuperação— contou Denis.

Relembre a decisão

Os bancários Denis Ordovás e Letícia Ordovás, casados desde 2006, mantêm um relacionamento há 10 anos com Keterlin Kaefer. Em um primeiro momento, eles tentaram o registro em cartório sem a judicialização, mas o pedido foi recusado pelo tabelionato.


Em agosto deste ano, a 2ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de Novo Hamburgo reconheceu a união estável poliafetiva entre os três.


A decisão permite que a criança tenha registro multiparental, ou seja, pode ter os nomes das duas mães e do pai. O reconhecimento da uniãotambém dá direito à licença-maternidade e paternidade para os três.


O Ministério Público (MP) atuou como fiscal da ordem jurídica no processo e deu parecer favorável à decisão. 

Fonte: GZH

Mais artigos de Geral RS