Coluna: Geral

Governo do RS decidirá até sexta como ocorrerá o retorno às escolas
12 de Maio de 2020 às 17:06
Segundo o governador Eduardo Leite, retorno se dará de forma gradual alternando aulas presenciais e ensino à distância. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil e Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini / Montagem Blog Missioneiro.
Segundo o governador Eduardo Leite, retorno se dará de forma gradual alternando aulas presenciais e ensino à distância. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil e Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini / Montagem Blog Missioneiro.

O governador Eduardo Leite afirmou que deve decidir até a próxima sexta-feira como ocorrerá o retorno das aulas na rede pública e privada de ensino do Rio Grande do Sul. O retorno deverá ser gradual, alternando atividades presenciais e de ensino à distância. Os protocolos vão valer para escolas de ensino infantil, básico, profissionalizante e universidades. "Esperamos fechar a questão do retorno das aulas até a próxima sexta-feira para anunciar em que condições e como se darão os retornos", disse o governador nesta terça.

A Secretaria de Planejamento e a Secretaria de Educação estudam pelo menos nove protocolos para garantir a segurança dos estudantes e funcionários no retorno das aulas presenciais da rede pública e privada do Estado. Conforme o governador Eduardo Leite, estas estratégias vão desde o acesso das crianças na sala de aula até a limpeza dos espaços e a prática pedagógica.

O governador disse que deve conversar ainda, nos próximos dias, com os promotores de justiça que atuam na área da educação e com o Ministério Público para alinhar as diretrizes do retorno do ensino no Estado. Ele esteve reunido, nessa segunda-feira, em videoconferência, com a Secretaria de Educação do RS e o Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe). 

Fonte: Correio do Povo / Blog Missioneiro.

Mais artigos de Geral