Coluna: TecNews

Mega ataque virtual derruba sistemas de comunicação ao redor do mundo
12 de Maio de 2017 às 17:21
Foto: Stock Photos /Stock Photos
Foto: Stock Photos /Stock Photos

 Sistemas de comunicação de empresas e de serviços públicos em diferentes países — como Alemanha, Brasil, Espanha, Filipinas, Japão, Rússia e Turquia, entre outros — enfrentam, nesta sexta-feira (12), um megaciberataque. Nas telas dos computadores, segundo a Folha de S.Paulo, mensagens aparecem pedindo o pagamento em bitcoins (moedas virtuais) equivalentes a US$ 300 (R$ 940) para reativar o sistema — valor que subiria com o passar do tempo.

No Brasil, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) foi alvo do ataque e funcionários foram orientados a desligar os aparelhos. Por volta das 15h50min, o site do TJ-SP estava fora do ar. Funcionários do banco Santander e da Vivo também relataram problemas nas redes internas, mas as assessorias negam a informação.

Ainda segundo a Folha, na Espanha, a rede interna da Telefônica foi hackeada. Já no Reino Unido, cerca de 16 hospitais públicos tiveram os computadores bloqueados. O acesso a prontuários ficou comprometido e ambulâncias precisaram ser redirecionadas.

Conforme o diretor da empresa russa de cibersegurança Kaspersky, Costin Raiu, mais de 45 mil ataques foram registrados em 74 países — sendo a Rússia o mais atingido — e o número continua crescendo. A imprensa espanhola indica que a ação tem origem na China.

O ataque é resultado de um vírus que se espalhou por meio de uma falha do Windows. A Microsoft reportou a falha de segurança em março e recomendou a atualização de versões em diversos sistemas operacionais, entre elas Windows 7, 8 e 10.

Fonte: Rádio Gaúcha.

Mais artigos de TecNews